A fotografia de parto é o registro de um dos momentos mais sagrados que podemos presenciar: a chegada de uma vida ao mundo.

Ainda que se espere 9 meses para o nascimento, e algumas horas de trabalho de parto, a chegada do bebê, propriamente dita, acontece em pouquíssimos segundos.

Por isso, por mais que muitos pais ou acompanhantes acreditem que conseguem registrar esse momento, a emoção acaba sendo tão grande que não permite fotos que façam jus a toda essa magia.

Assim, o mais indicado é deixar que a fotografia de parto seja feita por uma fotógrafa profissional. Somente ela saberá os ângulos certos para captar todas as emoções desse dia tão especial e não perde nada.

No entanto, antes de contratar esse tipo de serviço, é fundamental considerar alguns pontos. Por exemplo, o hospital onde o parto será realizado permite a presença de uma fotógrafa na hora do parto? Se sim, vale mais a pena fotografar, filmar ou os dois.

Essas e outras respostas sobre fotografia de parto você terá agora. Por isso, continue a leitura e garanta o registro de um dos momentos mais emocionantes da sua vida!

Conteúdo desta página

Fotografia de parto, o que é?

Como o próprio nome sugere, fotografia de parto é o registro fotográfico do nascimento de um bebê. Essas fotos, inclusive, podem ser feitas tanto do parto normal quanto da cesariana.

Com celulares cada dia mais modernos, muitos pais acreditam darem conta de fazer as fotos desse grande dia. No entanto, é fundamental considerar alguns fatores antes de assumir essa grande responsabilidade:

  • Será que a emoção do momento não vai atrapalhar os registros?
  • O pai, ou acompanhante, conseguirá apoiar a mãe e ainda captar os momentos mais importantes do parto?
  • Qual a experiência que se tem com fotografia, ou seja, questões como ângulo e luz são familiares?

Ainda tem mais um fator que muitos pais nem gostam de comentar: mas é bastante comum papais extremamente emocionados passarem mal na hora do parto, e chegarem até a desmaiar!

Já pensou, além de não acompanhar o nascimento do filho, não ter nenhum registro para ver quando estiver bem? Com certeza será motivo de grande arrependimento!

Por que fotografar o parto?

A dúvida que muitos pais têm se devem, ou não, fazer fotos do momento do parto pode ser facilmente sanada.

Como dissemos no início deste texto, por mais que a jornada de espera de um bebê seja um tanto longa, incluindo gestação e trabalho de parto, sua chegada ao mundo dura pouquíssimos segundos.

Ainda que esse grande dia seja guardado no coração, ter registros desse momento permite relembrar tudo o que foi vivido e sentido na sala de parto, e o quanto toda a espera e ansiedade valeram a pena.

Além disso, a fotografia de parto permite dividir esse momento mágico com amigos, familiares e com a própria criança no futuro, mostrando a ela quanto sua chegada foi tão especial.

Aqui, vale salientar um detalhe: a fotografia de parto não registra apenas o momento exato que a criança é retirada. Ao contratar uma fotógrafa profissional ela terá o cuidado de registrar os momentos mais importantes antes e depois do parto.

Ou seja, o tempo de espera até a ida para o centro cirúrgico ou sala de parto, a emoção no olhar dos familiares e amigos na sala de espera, o rosto do pai apoiando a mãe, a hora do nascimento, o cordão umbilical logo após a chegada do bebê, as primeiras reações do recém-nascido e muito, muito mais!

Assim, mais do que simplesmente ter fotos de como foi o parto do seu filho, você terá o registro fiel de todas as emoções e momentos únicos que foram vividos naquele dia.

Pode filmar a hora do parto?

Além da fotografia de parto há também a opção da filmagem. Essas duas alternativas acabam gerando várias dúvidas nos pais de qual é a melhor forma de registrar o nascimento do filho (a).

A verdade é que não dá para afirmar que uma é melhor que a outra. No entanto, você pode pensar assim: se as fotos já conseguem captar as emoções, imagine o que não sentirá ao assistir a filmagem?

Porém, há questões como orçamento familiar, que podem comprometer a contratação dos dois serviços.

Você também pode considerar na hora de escolher o que fica mais fácil dividir com amigos e familiares, ou mesmo rever depois: as fotos ou um vídeo?

Se não puder, ou não quiser, fazer os dois, apenas não se esqueça: o mais importante é não deixar de registrar esse momento inesquecível, seja pela fotografia de parto, seja pela filmagem.

Parto! Quando contratar a fotógrafa?

Decisão tomada? Perfeito! Mas em qual fase da gravidez você deve contratar a fotógrafa? O ideal é procurar a profissional até a 34ª semana de gestação, não mais do que isso.

Isso porque é preciso verificar junto ao hospital a liberação, ou não, da entrada da fotógrafa. Além disso, muitos locais exigem uma autorização médica, indicando que aquela profissional pode adentrar a sala do parto na hora do nascimento do bebê.

Por isso, é bem importante não deixar a contratação muito próxima da data prevista do parto, a fim de ter tempo suficiente para resolver toda a parte burocrática.

Fotos no parto, o que saber antes de contratar?

Assim como toda contratação de serviço, a fotografia de parto requer algumas pesquisas antes de fechar o contrato.

Indicações de amigas e familiares são sempre um bom começo. No entanto, caso nenhuma conhecida tenha optado por esse serviço, vale buscar indicações de profissionais na internet.

Aqui, é essencial não considerar apenas o preço final cobrado. Analise bem o portfólio, a experiência que o profissional tem com esse tipo de foto, e até a opinião de clientes anteriores, por meio de comentários no blog e redes sociais.

Se quiser se respaldar ainda mais, vale a pena até pesquisar o nome da fotógrafa em sites oficiais de reclamação do consumidor.

Ao encontrar a que acredita ser a melhor para fazer sua fotografia de parto, aí sim você parte para questões como:

  • quantidade de fotos que serão feitas;
  • formato que serão entregues;
  • edição ou não de imagens;
  • condições de pagamento;
  • prazo para entrega final de todo o material.

Parto normal, cesárea ou humanizado, qual delas posso fotografar?

Como dissemos no início deste texto, todos os tipos de partos podem ser (e devem) ser fotografados.

Mas por ser um momento tão íntimo, muitas mães têm receio de terem seus corpos expostos nos registros.

Fique tranquila! Fotógrafas profissionais sabem exatamente qual ângulo pegar para registrar somente a emoção do momento.

Além disso, se atentam ao posicionamento certo no ambiente para não atrapalhar médicos e demais profissionais.

É verdade que os hospitais podem impedir fotógrafos na sala de parto?

Sim, isso pode acontecer em alguns hospitais. No entanto, a grande maioria já não impede mais a entrada, desde que haja um cadastro prévio do profissional, bem como a autorização médica que citamos anteriormente.

Assim, para não ter surpresas desagradáveis com a fotografia de parto, é imprescindível que você verifique antes o que é preciso para liberação da entrada do profissional.

Ou seja, nada de chegar com a fotógrafa, sem avisar, no dia do parto, hein!

O que é essa taxa da maternidade para fotografar e filmar o parto? Por que os hospitais cobram esse valor de fotógrafos e cinegrafistas?

Ainda que liberem a entrada da fotógrafa, vários hospitais cobram uma taxa que pode chegar a, até, R$ 350.

Isso acontece porque o hospital pode considerar o profissional como um prestador de serviço da gestante.

Além disso, o valor é destinado para as roupas estéreis que são necessárias para adentrar o centro cirúrgico ou sala de parto (pijama hospitalar, touca, propé, máscara).

Mas você não precisa se preocupar com o pagamento dessa taxa. A maioria das fotógrafas já incluem o valor da taxa no orçamento e fazem, elas mesma, o pagamento, livrando as mamães dessa preocupação.

Quais hospitais e maternidades permitem a entrada de fotógrafos e cinegrafistas na sala do parto?

Tudo depende a região onde você está, mas, no geral, a maioria está permitindo o acesso para realização de fotografia de parto.

Nós, por exemplo, já estamos autorizados a fotografar no:

Maternidade Luz
Maternidade Luz Ana Rosa
Maternidade Metropolitano
Maternidade Nipo-Brasileiro
Maternidade São Luiz Sino Brasileiro
Maternidade Vitória
Maternidade Albert Einstein
Maternidade São Luiz – Itaim
Maternidade São Luiz – Anália Franco
Maternidade São Luiz – São Caetano
Maternidade Pro Matre
Maternidade Santa Joana
Maternidade Samaritano
Maternidade Sepaco
Maternidade Santa Maria – Cruz Azul

A bolsa estourou e agora? E se a fotógrafa não conseguir chegar a tempo?

Calma, mamãe! Isso até pode acontecer, mas garantimos que é extremamente raro!

Para garantir estarmos no dia certo e na hora certa, mantemos um contato constante e efetivo com a gestante. Dessa forma, acompanhamos toda a evolução da gravidez, incluindo a possibilidade de antecipação do parto.

A partir da 37ª semana ficamos de prontidão para sermos chamados a qualquer momento.  Para garantir isso, também tomamos o cuidado de não fechar vários serviços de fotografia de parto na mesma época.

Além disso, se a bolsa estourar, geralmente há tempo suficiente para que tanto você quanto nós chegarmos ao hospital em tempo e com segurança — trabalhos de parto não levam menos do que 3 horas, mas já participamos de um de 26 horas!

Ou seja, nós estaremos lá! Pode confiar!

Em último caso, surgir algum imprevisto muito sério, indicamos outro profissional da nossa equipe com a mesma experiência e competência para fazer suas fotografias de parto.

Ou, caso prefira, podemos deixar o valor pago em crédito para outros ensaios tão importantes quanto esse, por exemplo, newborn, acompanhamento fotográfico do primeiro ano de vida da criança e muitos outros.

Quanto custa fotografia de parto?

Agora que você sabe de tudo isso deve estar se perguntando: “Mas afinal, quanto custa a fotografia de parto”?

O valor exato vai depender da quantidade de fotos contratadas e da taxa cobrada pelo hospital.

No entanto, serviços como esse podem variar entre R$ [sugiro completar o preço de vocês] e R$ [sugiro completar o preço de vocês].

Onde encontrar fotografia de parto em São Paulo?

Com mais de 5 anos de experiência, o estúdio de fotografia e produtora de filmes Juliana Ferrari atende clientes de São Paulo, Grande ABC, Alphaville, Alto Tietê, Arujá e Guarulhos.

Além de fotografia e filmagem de parto, realizamos ensaio de gestante, ensaio com newborn, acompanhamento infantil, fotos em família, aniversários e muitos outros.

Quer saber mais? Acesse agora mesmo o nosso site, conheça nossa equipe, todos os nossos trabalhos e aproveite para solicitar um orçamento. Você vai se surpreender!

Neste artigo, eu mostrei a você o que é e por que você deve registrar seu parto. Solicite aqui um orçamento e guarde para sempre uma das fases mais importantes da sua vida!

Ficou com alguma dúvida? Deixe nos comentários logo abaixo que entramos em contato com você!

E não esqueça, se achou essas dicas válidas, compartilhe em suas redes sociais.

Obrigada por ler até aqui!

Acompanhe o blog! Ou siga-me nas redes sociais: Facebook | Instagram.
Sempre trazemos novidades, making of e as melhores dicas para você!

Juliana Ferrari_Avatar

Sobre Juliana Ferrari

Fotógrafa, paulistana, casada e mãe de duas filhas, Juliana Ferrari ao ingressar no mundo da fotografia, optou em especializar-se no que mais ama – as crianças.

SAIBA MAIS

Subscribe Today

Subscribe to our monthly newsletter to receive all of the latest news and articles directly to your inbox.

[contact-form-7 404 "Não encontrado"]

Discussion

Leave A Comment

o que dizem
avada-taxi-testimonial-2

“Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.”

mãe do Gabriel – JÉSSICA DIAS