Você provavelmente já ouviu falar sobre o ensaio estilo Smash The Cake, não é mesmo? Considerado uma tendência, esse tipo de sessão tem agradado cada vez mais pais e mães em todo o mundo graças à diversão e exclusividade dos registros.

Fofo e único, o ensaio tem como objetivo fotografar o bebê experimentando um bolo pela primeira vez. Assim, é muito comum que as fotos aconteçam assim que os pequenos completam um ano de idade. Afinal, é nesta fase que as crianças passam a enxergar melhor e compreender o que acontece ao seu redor, garantindo registros deliciosos.

No entanto, o que funciona para alguns, não funciona para outros. Atualmente muitas mães e pediatras têm optado por não oferecer açúcar aos pequenos até os dois anos. Nestes casos, há a possibilidade de trocar o Smash the Cake pelo Smash the Fruit [acesse aqui para obter informações], que tem o mesmo conceito de captar a reação da criança ao comer algo diferente pela primeira vez!

Como não existe uma idade certa para fazer a sessão de fotos, há, ainda, outra opção: esperar até que a criança faça dois anos para registrar a sensação de comer açúcar pela primeira vez. Já imaginou que fofo ver o seu pequeno tocando em um bolo cheio de confeitos e marshmallow nessa fase?

Com essa idade eles são capazes de fazer uma bagunça ainda mais gostosa, mostrando o lado mais puro da infância, se redescobrindo, andando, pulando e fazendo muito mais estripulias.

Procure a opinião de especialistas

Com criança pequena não se brinca. Por isso, é fundamental que antes de marcar a sessão de fotografia, você procure a opinião de especialistas. Ligue para o pediatra do pequeno, explique sua intenção e verifique, junto à ele, o momento certo para registrar essas cenas.

É possível que a criança tenha alergia ou intolerância a determinados ingredientes e, por isso, a opinião de um especialista que conhece tão bem o pequeno é fundamental. Dessa forma, você garante que o ensaio seja realizado de maneira segura e evita que seu filho corra riscos.

Outra boa dica é procurar encomendar o bolo da sessão em lugares de confiança sua ou indicadas pela fotógrafa que fará a sessão, e que utilize produtos de qualidade.

Lembre-se: não existe idade certa ou errada para fazer uma sessão de fotos. Nem para o Smash the Cake e nem para nenhum outros tipo de ensaio. O mais importante é que o bebê e a família estejam prontos, disponíveis e, principalmente, à vontade.

Não importa a escolha, o resultado será muito fofo. Então, aproveite as caretas, os sorrisos e as bocas lambuzadas. Boa diversão!

Neste artigo, você descobriu que não existe uma idade certa para fazer o Smash the Cake. Agora, é só se inspirar, montar um cenário colorido e começar a clicar!

Quer ter um ensaio pra lá de animado e inesquecível? Então solicite aqui um orçamento e guarde para sempre essa fase do seu pequeno(a)!

Veja abaixo outras dicas interessantes e que podem ajudar você!

Por dentro do Smash the Cake: passo-a-passo para acertar em cheio
Smash the Cake: fazer ou não fazer?
Escolhendo o local ideal para esmagar o bolo
Meu filho não come bolo: como fazer uma sessão de Smash the Cake?
Smash the cake: entre você também nessa brincadeira
O que é Smash the Cake?

Ficou com alguma dúvida? Deixe nos comentários logo abaixo que entraremos em contato com você!

E não esqueça, se achou essas dicas válidas, compartilhe em suas redes sociais.

Obrigada por ler até aqui!

Acompanhe o blog! Ou siga-me nas redes sociais: Facebook | Instagram.
Sempre trazemos novidades, making of e as melhores dicas para você!

Juliana Ferrari_Avatar

Sobre Juliana Ferrari

Fotógrafa, paulistana, casada e mãe de duas filhas, Juliana Ferrari ao ingressar no mundo da fotografia, optou em especializar-se no que mais ama – as crianças.

SAIBA MAIS

Subscribe Today

Subscribe to our monthly newsletter to receive all of the latest news and articles directly to your inbox.

[contact-form-7 404 "Não encontrado"]

Discussion

Leave A Comment

o que dizem
avada-taxi-testimonial-2

“Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.”

mãe do Gabriel – JÉSSICA DIAS